GP1

Polícia

Henrique Pires pede Justiça pela morte da advogada Izadora Mourão

“Lamento profundamente e me solidarizo com familiares e amigos da colega Izadora que foi vítima de um crime bárbaro", escreveu o deputado.

O deputado estadual Henrique Pires (MDB-PI) usou as redes sociais para se solidarizar com familiares e amigos da advogada Izadora Santos Mourão, 41 aos, assassinada dentro da própria residência com sete facadas na cidade de Pedro II, nesse sábado (13).

Henrique Pires, que também é advogado, afirmou que a colega de profissão foi vítima de um crime bárbaro e pediu que Justiça seja feita o mais rápido possível.

“Lamento profundamente e me solidarizo com familiares e amigos da colega Izadora que foi vítima de um crime bárbaro neste sábado na cidade de Pedro II. Esperamos que que a Justiça, pela qual ela sempre esteve em busca enquanto advogada, seja feita”, escreveu o parlamentar.

O crime

A advogada Izadora Mourão, 41 anos, foi assassinada com cerca de sete facadas dentro de seu quarto na manhã deste sábado (14), na cidade de Pedro II. A informação foi repassada pelo delegado responsável pelo caso, Jorge Terceiro.

Izadora Mourão estava dentro de seu quarto quando foi surpreendida por uma pessoa, que a golpeou várias vezes na região do pescoço. A advogada não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do crime.

De acordo com o delegado Jorge Terceiro, foram feitas perícias no local do crime e foram constadas várias perfurações na vítima. "Foram feitas perícias de local de crime e corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML). Foi algo em torno de sete facadas, mas como o sangue pode encobrir algo, vamos ter certeza com o resultado da perícia", relatou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.