GP1

Polícia

Acusado de duplo homicídio é preso pelo DHPP em Teresina

Além desse crime, o acusado também é investigado pela morte do pizzaiolo Maxuel Danilo Machado de Sousa, no dia 11 de janeiro deste ano.

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP – cumpriu mandado de prisão contra João Felipe de Oliveira Sousa, de 19 anos, suspeito de ser autor de um duplo homicídio no bairro Dirceu, ocorrido no dia 02 de outubro de 2020. Além desse crime, o acusado também é investigado pela morte do pizzaiolo Maxuel Danilo Machado de Sousa, no dia 11 de janeiro deste ano.

Em entrevista ao GP1, o delegado Jarbas Lima, do DHPP, contou que o suspeito é altamente perigoso e explicou como ocorreu o duplo homicídio que vitimou Marcos Cícero e Marcos Roberto, durante um festejo em outubro do ano passado.

Foto: ReproduçãoJoão Felipe de Oliveira Sousa
João Felipe de Oliveira Sousa

“O elemento foi responsável por efetuar os disparos contra as duas vítimas, Marcos Cicero e Marcos Roberto, durante um festejo em uma praça ao lado do 8º DP. Era um local que tinha muita gente e ele já chegou efetuando os disparos. O Marcos Cícero foi alvejado por engano e morreu logo depois do crime. O Marcos Roberto era um dos alvos e ainda chegou a ser socorrido, mas faleceu no dia 24 de outubro no hospital. A motivação é possivelmente território por tráfico de drogas”, disse.

O acusado também está sendo investigado também pela morte do pizzaiolo Maxuell Danilo, em janeiro deste ano, no bairro Renascença. Jarbas Lima explicou que a vítima também foi morta por engano.

Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Jarbas Lima
Delegado Jarbas Lima

“Ele é suspeito de outro homicídio, está sendo investigado pela morte do pizaiollo Maxuell, que foi morto por engano. Ele é um dos quatro suspeitos que cometeu esse homicídio, eram dois elementos em cada moto e um deles efetuou o disparo que levou o rapaz a óbito”, contou.

O pedido de prisão neste último caso já foi remedito à Justiça há cerca de 20 dias e o DHPP aguarda agora o deferimento para que a Polícia Civil possa dar cumprimento ao mandado pela morte do pizzaiolo Maxuel Danilo Machado de Sousa.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.