GP1

Política

Luciano Nunes nega que falta de apoio seja motivo da saída de Sílvio

“Eu não avalio dessa forma não, foi uma decisão pessoal dele", disse o deputado estadual.

O deputado estadual Luciano Nunes não acredita que a saída de Sílvio Mendes do PSDB esteja sendo motivada pelas eleições de 2018 ou por uma suposta falta de apoio do partido aos possíveis planos políticos do ex-prefeito de Teresina no próximo pleito.

Luciano Nunes acredita que a decisão de Sílvio em deixar o ninho tucano é estritamente pessoal e adiantou que mesmo estando em outro partido a relação com o ex-prefeito que, atualmente está à frente da secretaria de Saúde da Capital, será mantida.

  • Foto: Priscila Caldas/GP1Luciano Nunes
    “Eu não avalio dessa forma não, foi uma decisão pessoal dele. Aliás, qualquer definição dessas passa de forma mais forte por uma decisão pessoal. Ele já foi prefeito da Capital, candidato a governador e a vice-governador. Pelo partido nós continuaremos, independentemente da saída ou não dele, mantendo relações da melhor forma possível. E se a saída do doutor Sílvio for por questão política, naturalmente que também passa por uma decisão pessoal”, analisou o deputado.

Sílvio Mendes está de malas prontas para ingressar no PP, mas junto com ele também irão a primeira-dama Lucy Silveira e o secretário de Planejamento de Teresina Washington Bonfim.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.