GP1

Política

Candidato a prefeito Neto Mendes vai ter que comprovar que é alfabetizado

Neto Mendes juntou ao requerimento de registro de candidatura cópia do histórico escolar de ensino fundamental incompleto.

O Ministério Público Eleitoral ingressou na última terça-feira (29) com ação de impugnação de registro de candidatura contra o candidato a prefeito de Prata do Piauí, Acelino Mendes de Moura, mais conhecido como “Neto Mendes”, sob o argumento que o mesmo não comprovou ser alfabetizado.

Neto Mendes juntou ao requerimento de registro de candidatura cópia do histórico escolar de ensino fundamental incompleto, que para o Ministério Público “é incapaz de, isoladamente, comprovar a sua alfabetização”.

  • Foto: Reprodução/FacebookNeto MendesNeto Mendes

O candidato informa que atualmente exerce o cargo eletivo de vice-prefeito de Prata do Piauí, e que é alfabetizado, no entanto, para o promotor Ari Martins Alves Filho, precisa apresentar prova de sua alfabetização e/ou escolaridade para as Eleições de 2020.

O Ministério Público pede que seja oportunizada ao candidato a realização de teste de alfabetização, caso não tenha documento de escolaridade para juntar aos autos.

Caso não fique demonstrada a alfabetização, o MPE pede a procedência da ação para indeferir pedido de registro de candidatura de Neto Mendes e se for demonstrado no teste ou por documentos que sabe ler e escrever, se pronunciará, em alegações finais, pela inocorrência da causa de inelegibilidade e, consequentemente, pela improcedência da impugnação.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.