GP1

Política

Rejane Dias quer proibir transferência de aluno com Espectro Autista

A deputada apresentou um PL proibindo que escolas remanejem os alunos sem a autorização dos pais.

A deputada federal Rejane Dias (PT) apresentou um Projeto de Lei na Câmara dos Deputados pedindo a proibição de remanejamento de alunos com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), Dislexia e Transtorno do Espectro Autista (TEA) sem aprovação dos pais.

A medida, caso seja aprovada, será válida para creches, escolas de educação básica e nos níveis fundamental e médio da rede pública de ensino.

Foto: Reprodução/FacebookRejane Dias
Rejane Dias

“O presente Projeto de Lei tem por finalidade assegurar a manutenção da atenção dada aos alunos, em geral crianças, com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH, Dislexia e Transtorno do Espectro - TEA, na sua evolução no ensino escolar, adaptabilidade e sociabilidade”, justificou a deputada Rejane Dias.

A deputada destacou que muitas famílias têm reclamando que ao tentar fazer a rematrícula dos alunos com TDAH, TEA e Dislexia, muitas vezes são informados de que as escolas remanejaram os alunos para outras unidades.

“Diferente da atenção ao ensino dado às crianças e adolescentes ditos “normais”, as crianças com TDAH, Dislexia e TEA levam mais tempo para se adaptarem à metodologia, âmbito físico, e a rotina do meio onde está inserido”, continuou a petista.

Rejane finaliza a justificativa do projeto de lei acrescentando que caso o dispositivo seja descumprido, a pessoa poderá ser enquadrada pro discriminação em razão da deficiência, seja mental, intelectual ou sensorial.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.