GP1

Política

Alexandre de Moraes abre quinto inquérito contra Bolsonaro

O ministro do STF também suspendeu o acesso do presidente da República às redes sociais por 15 dias.
Por Estadão Conteúdo

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira, 3, a abertura de mais um inquérito contra o presidente Jair Bolsonaro (PL-RJ).

Desta vez, as investigações vão se concentrar nas declarações possivelmente falsas do chefe do Executivo sobre a relação entre a vacina contra a covid-19 e a infecção pelo vírus da Aids.

Esse é o quinto inquérito contra Bolsonaro na corte desde que assumiu a Presidência da República e veio acompanhado pela suspensão das redes sociais pelo prazo de 15 dias.

“Não há dúvidas de que as condutas noticiadas do Presidente da República, no sentido de propagação de notícias fraudulentas acerca da vacinação contra o Covid-19 utilizam-se do modus operandi de esquemas de divulgação em massa nas redes sociais, revelando-se imprescindível a adoção de medidas que elucidem os fatos investigados, especialmente diante da existência de uma organização criminosa”, escreveu Moraes na decisão.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.