GP1

Política

Bruno Vilarinho diz que PTB deve compor gestão do Dr. Pessoa

“Com certeza o prefeito Dr. Pessoa vai dar espaço para o PTB. No momento oportuno ele vai chamar o PTB", disse o vereador.

O PTB segue sem participar da gestão do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB). O GP1 conversou com o presidente do partido em Teresina, vereador Bruno Vilarinho, que revelou ter se reunido com o chefe do Palácio da Cidade há dois dias para deliberar sobre a questão.

Apesar de não ter definições, Vilarinho afirmou que está convicto de que no momento oportuno, será acertado um espaço para o PTB na administração municipal.

“Com certeza o prefeito Dr. Pessoa vai dar espaço para o PTB. No momento oportuno ele vai chamar o PTB para um espaço na Prefeitura. Conversei com ele e vamos tratar sempre sobre o que for melhor para Teresina”, disse Bruno.

Foto: Lucas Dias/GP1Bruno Vilarinho
Bruno Vilarinho

Descompasso

O PTB vive um momento de muitas incertezas e corre o sério risco de chegar esvaziado nas eleições de 2022 no Piauí. Sem grandes resultados no pleito passado, o partido deve perder algumas de suas principais lideranças, entre elas o ex-senador e atual presidente petebista no Estado, João Vicente Claudino, além dos deputados Nerinho e Janainna Marques.

A resolução da direção nacional do PTB, de proibir aliança com partidos de esquerda em 2022, acelerou o esvaziamento da legenda que no Piauí, está alinhado há anos com o governador Wellington Dias, que é do PT.

O cenário será discutido durante reunião no próximo dia 18 deste mês, em encontra que contará com os principais membros petebista. Bruno Vilarinho, por sua vez, afirmou que ainda não foi avisado do encontro.

"Soube pela mídia que vai ter essa reunião do PTB. Como presidente municipal do PTB não fui comunicado, mas acredito que nosso presidente João Vicente irá nos comunicar para aproveitar esse momento e tratar do PTB em Teresina", finalizou o vereador.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.