GP1

Política

Wellington Dias afirma que Brandão e Hélio Isaías retornarão às secretarias

Ainda segundo o governador, também retornarão às secretarias os deputados Flávio Júnior e Zé Santana.

O governador Wellington Dias afirmou, nesta sexta-feira (17), durante entrevista à imprensa, que os deputados Wilson Brandão e Hélio Isaías, assim como Flávio Júnior e Zé Santana vão retornar ao comando das secretarias que eles deixaram para participar da eleição do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI).

Wellington destacou que entendeu a necessidade dos secretários deixaram as pastas, mas que eles devem voltar para dar continuidade aos projetos. “Wilson Brandão teve um afastamento assim como outros que estavam como secretários, e eu compreendi que era um afastamento em razão de candidaturas agora, o natural é retornar às atividades porque precisamos trabalhar os projetos que estão em andamento e contamos com toda a equipe”, afirmou.

Foto: Lucas Dias/GP1Wellington Dias
Wellington Dias

Questionado de Hélio Isaías também retornará, Wellington respondeu falando em nome de todos os que saíram das secretarias. “[Hélio] também volta às atividades com toda a normalidade, o secretário Hélio Isaías, Flávio Júnior, Wilson Brandão, enfim, todos voltam”, declarou.

O governador disse ainda que deve ser respeitada a vontade da maioria que escolheu a deputada Flora Izabel para conselheira do TCE. “Numa votação em que os 30 parlamentares participaram nós tivemos a maioria fazendo opção pela candidatura da deputada Flora Izabel e que agora cabe ao TCE empossar. Acho que ganha a democracia. Tanto o Tribunal de Contas como a Assembleia Legislativa colocaram em ordem sobre o era o regramento, não houve nenhum questionamento, claro, não tinha vaga para todos os que pleitearam, então, é respeitar a vontade da maioria”, finalizou.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.