GP1

Política

Podemos descarta aderir a impeachment de Jair Bolsonaro

O partido do senador Álvaro Dias frisou que tem um projeto de terceira via para o país em 2022.

As bancadas do Podemos na Câmara e no Senado se reuniram na manhã desta quarta-feira (08) e decidiram que não vão aderir ao movimento de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. A informação foi divulgada pelo líder do partido no Senado, o senador Álvaro Dias.

Por meio de nota oficial, o Podemos afirmou que seguirá com sua posição “independente” no Congresso, criticando ou apoiando o Governo Federal sempre que entender necessário. A sigla ressaltou que se manterá fiel às suas bandeiras, permanecendo “vigilante” pela preservação das instituições democráticas.

“O Podemos seguirá reforçando sua posição de partido independente e de defesa do Brasil, votando no Congresso a favor e contra o Governo, sempre que entender necessário, mantendo-se fiel às suas bandeiras, como o combate à corrupção e o fim do foro privilegiado, e vigilante pela preservação das instituições democráticas, rejeitando toda e qualquer bravata autoritária em todos os poderes”, diz um trecho.

O partido descartou a possibilidade de aderir ao impeachment, alegando que a abertura de um processo como esse poderá agravar a situação do país. ”O Podemos descarta aderir ao movimento de impeachment do Presidente Jair Bolsonaro, por entender que a abertura de uma nova crise política, em meio à pandemia do coronavírus, desemprego e crise econômica, só agravaria o sofrimento das camadas mais vulneráveis, que já vivem em situação de extrema dificuldade”, consta na nota.

Terceira via

O Podemos também ressaltou na nota oficial que essa posição “independente” reflete o projeto do partido de disputar a presidência da República em 2022, pela chamada terceira via. “Essa posição de independência do Podemos inclui um projeto de terceira via para o País, em que o partido tem seus próprios nomes para a disputa presidencial de 2022”, diz o comunicado.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.