Fechar
GP1

Política

Líder do PP na Câmara dos Deputados articula CPI da Americanas

O requerimento para criação da CPI aponta que a empresa afetou a imagem de todo o mercado de capitais.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Lojas Americanas já tem as assinaturas necessárias para ser instalada, segundo informou o líder do Progressistas na Câmara dos Deputados, André Fufuca (MA).

O parlamentar revelou ter o apoio de 175 deputados federais, sendo que são necessárias, no mínimo, 171 assinaturas. A instalação de uma comissão parlamentar de inquérito para investigar a suspeita de fraude na empresa dependeria, portanto, apenas da decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Rombo bilionário


A Lojas Americanas anunciou em janeiro um rombo de R$ 20 bilhões, levantando suspeitas sobre o que poderia ser “a maior fraude da história corporativa do Brasil”. O valor do rombo ainda aumentou para R$ 40 bilhões após novos cálculos do prejuízo. Desde então, as ações da empresa derreteram na bolsa de valores e a Americanas iniciou processo de recuperação judicial.

O requerimento de criação da CPI foca apenas nas Lojas Americanas. O texto diz que a empresa afetou a imagem de todo o mercado de capitais. “O episódio das Lojas Americanas afeta a credibilidade de todo o mercado de ações no Brasil e é do interesse público assegurar que os investidores possam ter absoluta certeza de que a economia popular não será nunca prejudicada por qualquer tipo de fraude, erros ou acobertamentos de rombos em balanços”, diz o requerimento da CPI, apresentado no dia 15 de janeiro pelo Líder do PP na Câmara, André Fufuca.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.