Fechar
GP1

Política

Conselho de Ética da Câmara arquiva representação contra Glauber Braga

O parlamentar foi denunciado pelo PL, por suposta agressão contra o deputado Abilio Brunini (PL-MT).

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados arquivou, nesta quarta-feira (12), a representação do Partido Liberal contra o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ), acusado de ter agredido fisicamente o colega Abilio Brunini (PL-MT), durante reunião da Comissão de Direitos Humanos no ano passado. O placar foi de 9 votos a 4.

Segundo informações da Agência Câmara, o desentendimento entre os dois parlamentares ocorreu no dia 8 de novembro, durante reunião no Conselho de Direitos Humanos que tratava do conflito entre Israel e Palestina. Na ocasião, Glauber Braga deu um empurrão em Abilio Brunini.

Foto: Mario Agra/Câmara dos DeputadosDeputado Glauber Braga (PSOL)
Deputado Glauber Braga (PSOL)

O relator da representação no Conselho de ética, deputado Ricardo Ayres (Republicanos-TO), recomendou ao presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), uma censura verbal a Glauber Braga, por não considerar empurrão uma agressão física. Ele frisou que seu parecer se baseou em decisões passadas do colegiado.

“Em casos semelhantes, este conselho tem arquivado as representações com encaminhamento de recomendação ao presidente da Câmara de aplicação da penalidade de censura verbal”, disse o relator.


Glauber Braga, por sua vez, alegou que o empurrão dado em Brunini foi resultado de uma discussão acalorada e generalizada e não uma tentativa de agressão.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.