GP1

Saúde

Florentino Neto autoriza retomada das cirurgias eletivas no Piauí

De acordo com a Sesapi, a retomada será gradual a partir desta semana, dando prioridade para os que já estavam com as consultas, exames e cirurgias agendadas.

O Secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto e o Comitê de Operações Especiais (COE), decidiram pelo retorno de todos os procedimentos cirúrgicos eletivos ambulatoriais nos Estabelecimentos Públicos de Saúde do Estado do Piauí, sob a gestão da Sesapi, a partir desta segunda-feira (15).

As cirurgias estavam suspensas por causa do aumento de casos em decorrência da pandemia de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Após a medida, Florentino Neto reforçou o pedido de cautela e atenção da população nessa retomada. “Ainda estamos na pandemia e precisamos redobrar os cuidados para evitar contaminação pelo novo coronavírus. Não podemos aglomerar”, disse.

Foto: Lucas Dias/GP1Florentino Neto
Florentino Neto

Segundo dados do Complexo Estadual de Regulação Ambulatorial (CERA), os hospitais com as maiores filas de espera são o Hospital Getúlio Vargas e Hospital Infantil Lucídio Portela (HILP), em Teresina, e o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano. As especialidades médicas com maiores filas são Cirurgia Geral e Ortopedia.

De acordo com o superintendente de Gestão da Rede de Média e Alta Complexidade da Secretário de Estado da Saúde (Sesapi), Alderico Tavares, a retomada será gradual a partir desta semana, dando prioridade para os que já estavam com as consultas, exames e cirurgias agendadas, desde a paralisação.

“O atendimento segue a fila de espera, com aqueles que já estavam com as consultas, exames e cirurgias agendadas, desde a paralisação. O objetivo é zerar algumas demandas o mais rápido possível”, explicou Alderico.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.