Política

João Mádison rebate perspectiva de Robert Rios sobre o PMDB

“O Robert é meu amigo, tenho respeito e consideração, mas a decisão do PMDB foi amadurecida. Tomamos a decisão de apoiar o governador Wellington Dias", disse o deputado.

GERMANA CHAVES

- atualizado

O deputado estadual e líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Piauí, João Mádison Nogueira rebateu o colega de parlamento, Robert Rios Magalhães (PDT) que aoGP1, deixou claro a expectativa de contar com os peemedebistas na oposição em 2018. Mádison ressaltou a amizade com o Robert, mas reafirmou que decisão de seguir na base do Governo está mantida.

  • Foto: Lucas Dias/GP1João MádisonJoão Mádison

“O Robert é meu amigo, tenho respeito e consideração, mas a decisão do PMDB foi amadurecida. Tomamos a decisão de apoiar o governador Wellington Dias. Iremos apoiá-lo e queremos indicar o deputado Themístocles como seu vice. Dissemos isso na opinião pública e não tem o porquê mudar. O governador tem nos atendido muito. Nós estamos satisfeitos”, disse o líder do partido.

Quanto à possibilidade de o partido não ter a indicação da vaga de vice destinada ao partido, João Mádison adiantou que não vai trabalhar com conjecturas. “Eu não vou falar sobre perspectivas, conjecturas, eu falo sobre o presente. Nós já conversamos com o governador e nós temos a convicção de que o governador vai nos dar uma vaga na chapa majoritária. Pelo o que estamos observando é a de vice que nós queremos. Então, não tem o porquê nós ficarmos discutindo conjecturas.”

Mais conteúdo sobre: