Colunista Brunno Suênio
GP1

Saiba quem é o advogado que diz ter executado adolescentes em Teresina

A Polícia Civil trabalha ainda com a hipótese da participação de seu filho, que também é advogado.

Este colunista obteve com exclusividade a identificação do tio do empresário João Paulo de Carvalho Gonçalves Rodrigues, que assumiu a autoria da execução dos adolescentes Anael Natan Colins Souza da Silva, 17 anos, e Luian Ribeiro de Oliveira, de 16 anos, ocorrido no último dia 13 de novembro de 2021, na zona leste de Teresina. Trata-se do advogado Francisco das Chagas Sousa, de 70 anos. Além dele, a Polícia Civil ainda trabalha com a hipótese da participação de seu filho, o também advogado Guilherme de Carvalho Goncalves Sousa.

No início da tarde da última terça-feira (25), Francisco das Chagas Sousa prestou esclarecimentos à Polícia Civil, depois que o DHPP deu cumprimento ao mandado de prisão temporária, expedido em desfavor de seu sobrinho, o empresário João Paulo, dono do Frango Potiguar. Na ocasião do cumprimento do mandado, o empresário negou ter assassinado os jovens, colaborou com as investigações e foi solto, no entanto, declinou os nomes do primo e do tio. O idoso, por sua vez, confessou o crime horas depois em depoimento a autoridade policial.

Foto: Reprodução/WhatsAppFrancisco das Chagas Sousa e seu filho, Guilherme de Carvalho Goncalves Sousa
Guilherme de Carvalho Goncalves Sousa e Francisco das Chagas Sousa

Assumiu autoria

Em coletiva de imprensa realizada na manhã de quarta-feira (26), o delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Luccy Keiko, relatou que o tio do empresário alegou que teria praticado o crime sozinho, sem a ajuda de terceiros. “Esse tio assume a autoria do homicídio, é um indivíduo de 70 anos, aparentemente idoso, disse que realmente matou os menores, foi ouvido, chorou, foi interrogado e confessou o crime. Ele está assumindo a responsabilidade de ter feito só, de ter tomado a decisão sozinho”, pontuou o delegado geral.

Francisco das Chagas Sousa foi liberado, pois não havia força de mandado para prendê-lo naquele momento

Foto: Reprodução/WhatsAppAdolescentes desaparecidos
Adolescentes desaparecidos

Investigações avançam

Embora tenha confessado a autoria das duas mortes, outros questionamentos que ainda estão em aberto serão concluídos. Para a Polícia Civil é no mínimo improvável um idoso de 70 anos, agindo sozinho, ter plenas condições de imobilizar dois adolescentes, amarrá-los, coloca-los em um veículo e, por fim, executá-los na zona rural de Teresina, sem qualquer auxílio ou coparticipação de demais pessoas que também estavam na casa.

Uma fonte do alto escalão da Secretaria de Segurança Pública confidenciou ao colunista que, embora o infortúnio em meio à soltura do empresário João Paulo de Carvalho Gonçalves Rodrigues e demais pessoas relacionadas ao caso em investigação, não há dúvidas que todos os investigados serão relatados e indiciados ao fim do robusto inquérito policial a ser entregue ao Ministério Público do Piauí.

Quarta pessoa 

Além do empresário João Paulo e dos dois advogados, há ainda uma quarta pessoa, que foi chamada até a residência de Francisco das Chagas Sousa. Esse quarto alvo, que vem a ser cunhado do empresário João Paulo de Carvalho Gonçalves Rodrigues, também está sendo investigado.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.