GP1

Prefeito de União gasta mais com água sanitária que com teste da covid-19


Na contramão da recomendação da comunidade científica que aponta a testagem como uma das prioridades na luta contra a covid-19, o prefeito de União, Paulo Henrique, resolveu gastar mais com hipoclorito de sódio do que com a compra de testes.

O prefeito publicou extrato de contrato no Diário Oficial dos Municípios para a compra de R$ 292.800,00 (duzentos e noventa e dois mil e oitocentos reais ) em água sanitária (hipoclorito de sódio) junto a empresa Lucyvaldo A. Piauilino.

Estranhamente, Paulo Henrique só vai gastar R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais) com a aquisição de testes para a detecção do novo coronavírus. A testagem é importante para detectar e isolar pessoas infectadas, rastrear e colocar em quarentena aqueles com quem tiveram contato.

O prefeito, que é médico, dá as costas para a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) que vem pedindo a testagem como medida para combater a pandemia.

Vale ressaltar que o Município de União já recebeu do Governo Federal o valor de R$ 801.325,62 (oitocentos e um mil, trezentos e vinte e cinco reais e sessenta e dois centavos) para prevenção e combate ao novo coronavirus.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.