Blog Opinião
GP1

Aliens na Rússia


Seria mais ou menos como se a Ponte Preta anunciasse uma fusão com o São Caetano para formar um único time. Ou como se a Portuguesa se fundisse com o recém-promovido à Série A Barueri. Mais ou menos...

Não aconteceu aqui, mas é realidade na Rússia. Dois times da primeira divisão do futebol do país, o Saturn e o Khimki, anunciaram nesta semana que passarão a ser apenas um na próxima temporada. A justificativa é que a coisa está russa (ok, ok, péssima essa, mas não tive como evitar). É a crise financeira mundial.

É muito difícil encontrar um exemplo, ainda que hipotético, para tentar traçar um paralelo na realidade brasileira. Não existem na Série A do Campeonato Brasileiro atualmente times que sejam do porte de Saturn e Khimki e que sejam da mesma região ambos ficam em cidades no subúrbio de Moscou.

Nenhum dos dois representa grande coisa na Rússia. Mas o fato é que são dois times da primeira divisão que se unem, o que é um tanto quanto surreal.

O Saturn é um time de relativa tradição, mas que nunca ganhou nada importante. Terminou o Russão-2008 na 11ª posição. É mais conhecido para nós, brasileiros, como o time em que joga o Zelão aquele Zelão mesmo, que jogou no Corinthians e "ajudou" o time no rebaixamento à Série B.

O Khimki é um clube novo, fundado em 1996, que subiu de divisões meteoricamente. Tem como maior feito ter chegado à final da Copa da Rússia de 2005, a qual perdeu para o CSKA. Neste ano, ficou na 14ª posição no Nacional russo e escapou de ser rebaixado.

A torcida do Khimki obviamente não deve ter gostado de ver o time da cidade "sumir", mas não deve ser tão difícil acostumar o pessoal à idéia, já que era um clube de apenas 12 anos.

Mas difícil deve ser para os seguidores do Saturn. O time foi fundado em 1946, mas já teve outros nomes: Krylya Sovetov (1946-1957), Trud (1958-1959) e Saturn-REN TV (2002-2004).

Na época da parceria com a REN TV, o time tinha o simpático apelido de Teletubbies. Mas o apelido mais legal, e que pegou mais, foi o de Aliens.

No comunicado oficial sobre a fusão, o clube pediu "calma e autocontrole" aos torcedores. E ressaltou que o nome do novo clube continuará sendo Saturn.

Pelo menos fica o consolo de poder continuar torcendo pelos alienígenas.

 

EDUARDO VIEIRA DA COSTA
Editor de Esporte da Folha Online

 

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.