Blog Opinião
GP1

Apontar o dedo é fácil


*Jesus Rodrigues

Acompanhei pela imprensa esta semana diversos pronunciamentos sobre recursos que não teriam vindo para o Piauí, que o estado não teria recebido obras estruturantes no governo Lula/Wellington, que o Piauí não teria tido ministros nesse período. Enfim, parecia uma lamentação daquelas de baixa auto-estima, antigamente costumeira, mas com uma acusação contra os governos do PT, no Brasil e no Piauí.

Foram pronunciamentos de membros do governo, senador e deputados. Não quero aqui desqualificar nem o debate, nem os debatedores, mas algumas perguntas precisam ser feitas e respondidas para, a partir daí, entrarmos nessa discussão e nessa luta.
Imagem: Divulgação / GP1Jesus Rodrigues(Imagem:Divulgação / GP1)Jesus Rodrigues
Quando falam que o Piauí não recebeu obras estruturantes, eu pergunto aos debatedores: por quais obras estruturantes vocês lutaram em suas vidas públicas? Olha que alguns debatedores tem vidas públicas longas, pertencentes a grupos políticos que dominaram a cena estadual e nacional. Repito, por quais obras estruturantes vocês lutaram? Quais obras estruturantes vocês queriam no Piauí durante os governos Lula/Wellington? Porém, o mais importante, o que cada um de vocês fez de esforço para trazê-las?

Estou fazendo a minha parte, porém, mesmo a minha parte não farei sozinho. Precisamos juntar forças para trazer obras estruturantes. Daí teremos mais chances de sucesso. Estou trabalhando pela Fiocruz, Eixo Oeste, eclusas da Barragem de Boa Esperança. Quero saber de suas propostas e entrar nessa luta. Quero estar junto com a bancada, o povo quer atitude!

Se não for assim, o povo verá os pronunciamentos como nhém-nhém-nhém, lenga-lenga de políticos, blábláblá para ficar na mídia, tentando fazer palanque para a eleição de 2014, pulando a eleição de 2012.

PS: mensagem enviada ao vice-governador, José Filho; ao secretário de Governo, Wilson Brandão; ao senador Ciro Nogueira e ao deputado estadual Robert Rios.

*Jesus Rodrigues é Deputado Federal (PT/PI)

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.