Blog Opinião
GP1

Poder de articulação


*Josenildo Melo
Imagem: GP1Josenildo Melo(Imagem:GP1)Josenildo Melo
O governador eleito, Wellington Dias tem vários defeitos e não cabe a nós enumerá-los; no entanto ele possui três grandes virtudes que não devem faltar em nenhum bom governante. Wellington Dias é bom de voto; sabe o que quer e governa com pulso forte; possui um excelente poder de articulação política. E essa excelência não advém ou virá de forças políticas externas; é uma capacidade realmente de visão. Capacidade de perceber os novos rumos e ventos que sopram a favor da boa governança. Ele consegue vislumbrar o que realmente deseja o povo; a sua população!

De acordo com o excelente e ético Jornalista Arimatéia Azevedo em notas publicadas em sua coluna e em matérias no Portal AZ; o governador eleito WELLINGTON DIAS não gostaria de compor com o PMDB de forma direta. Como Arimatéia não blefa e com certeza tem fontes seguras; arriscamos-nos a dizer que Wellington Dias mais uma vez percebe sabiamente os desejos do povo, os desejos da sua população. O sentimento que brota na sociedade piauiense, sobretudo nas camadas mais populares é justamente o sentimento de que a nova gestão possua em seus quadros pessoas o mais distante possível do antiquadro jeito de fazer composições políticas. Sem falar que de fato manter-se afastado de alguns partidos significa com certeza até mesmo redução de custos e soará muito bem!

Assim como em todos os lugares não podemos generalizar no quesito jeito antigo de politizar. Até mesmo porque no PMDB surgiram novas forças das urnas. Com a força de uma diplomática deputada e mais apenas um deputado do PMDB; Wellington Dias pode compor sua base política sólida e não fechar acordo partidário diretamente com a cúpula do PMDB. Com dois deputados do PMDB, dois deputados do PSD, dois deputados do PTC e mais 10 deputados eleitos de sua própria base política advinda das urnas WD já terá 16 deputados estaduais. Certo que com mais 03 deputados advindos de pelo menos um de cada partido; WELLINGTON DIAS consolidará de fato sua base!

O QUE É ARTICULAÇÃO POLÍTICA? No sentido clássico definimos como a capacidade diplomática de conseguir o esperado e o inesperado em prol da melhor defesa de políticas públicas que venham a beneficiar realmente o povo e a sua população. Essa capacidade já deve ser percebida antes mesmo dos reais objetivos a serem alcançados. Quem tem essa virtude, tem tudo pra governar BEM!

Outra característica que pode dar um novo tom e um novo conceito no jeito de governar é o próximo governo do Estado do Piauí cercar-se de pessoas técnicas e menos políticos. E como ficarão todas as pessoas que ajudaram Wellington Dias a ser eleito novamente governador? Com certeza tem espaço pra todos; o objeto de análise aqui é o poder de articulação! Dentro deste novo poder de articulação contará muito a relevância da excelente votação advinda das urnas. Uma base de no máximo 19 deputados estaduais e a força popular; dar sim pra governar com boa independência e não ficar sujeito a instabilidade política advinda de pressões pessoais. O elevado poder de articulação política de Wellington Dias pode resultar em uma administração realmente enxuta e mais flexível!

Governar com movimentos sociais e instituições também é outro norte a ser observado para evitar excesso de gastos. O trabalho externo via imprensa e instituições da sociedade civil organizada e conjuntamente com os movimentos sociais e igrejas aumentará ou balanceará o real poder de negociação com partidos políticos e diminuirá em muito a voracidade do personalismo de alguns!

Política é o campo das ideias e é SIM possível não aceitar barganhas ou chantagens! Política é a ciência da governação de um Estado ou Nação e também uma arte de negociação para compatibilizar interesses. O termo tem origem no grego politiká, uma derivação de polis que designa aquilo que é público. O significado de política é muito abrangente e está, em geral, relacionado com aquilo que diz respeito ao espaço público. Política é o campo das ideias e é SIM possível nas aceitar pressões!

O poder de articulação de Wellington Dias e sua base composta de no mínimo 19 deputados estaduais e no máximo 21 poderá mostrar a muitas pessoas que a força das urnas e o apoio institucional da sociedade civil organizada reduzirão custos e fará funcionar adequadamente a máquina estatal; produzindo assim, bem mais benefícios em prol de quem realmente precisa. É tudo isso que realmente a sociedade espera; quebra de paradigmas na ótica relacional com a política e os políticos!


*Josenildo Melo é Assistente Social e Jornalista. Estudante de Direito

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.