Blog Opinião
GP1

A força da militância petista!


*Por Josenildo Melo

Imagem: DivulgaçãoJornalista Josenildo Melo(Imagem:Divulgação)Jornalista Josenildo Melo
A Política na ótica intelectual é o campo do debate das idéias e da incessante luta pelo poder; neste contexto ninguém pode em sã consciência deixar de reconhecer o novo quadro de poder político local e nacional. Neste sentido independentemente da emoção de fatos e acontecimentos sempre é bom reconhecer as novas forças de poder local e nacional nos aspectos sócio-políticos e econômicos. As maiores forças políticas e econômicas em todas as regiões polariza a nova eleição que vai chegar.

O Partido dos Trabalhadores é uma agremiação partidária de muita força política e ideológica e isso nenhum intelectual que se preze deve negar este feito. Muito mais do que individualidade o PT forma bem os seus militantes, sobretudo na defesa coletiva do Partido. Isso em se tratando de eleições pode representar uma grande diferença no pleito que se aproxima; o segundo turno eleitoral 2014.

Ninguém neste momento deve se atrever a fazer previsões antecipadas. O segundo turno é uma eleição difícil, mas não significa impossível de reverter qualquer quadro que se apresente nas primeiras sondagens de pesquisas eleitorais. A FORÇA DA MILITÂNCIA PETISTA faz diferença!

O QUE É MILITÂNCIA? Significado de militância: s.f. O exercício e/ou trabalho de quem milita; atuação, desempenho ou prática. Que participa ativamente a favor de um ideal político e/ou social. Palavra parônima de militança. (Etm. Milita(r) + anciã.

O QUE É O PT? PT é uma sigla do contexto da política, que significa Partido dos Trabalhadores, um partido político brasileiro. A fundação do Partido dos Trabalhadores ocorreu em Fevereiro de 1980, no Colégio Sion, localizado em São Paulo. O PT foi reconhecido de forma oficial como partido político pelo Tribunal Superior de Justiça Eleitoral em Fevereiro de 1982.

A criação deste partido foi inspirada pela organização sindical de alguns trabalhadores paulistas, que foram guiados por Luiz Inácio Lula da Silva no final dos anos 70. O PT surgiu em um contexto de repressão por parte do regime militar contra movimentos de esquerda e partidos comunistas. Por este motivo, o PT apresenta uma tendência socialista-democrática.
O Partido dos Trabalhadores tem como alguns dos seus símbolos a estrela vermelha de cinco pontas com a sigla PT no centro e a bandeira vermelha com a estrela branca no centro.
Atualmente, o Partido dos Trabalhadores é o segundo maior partido político em atividade no Brasil, com aproximadamente 1 549 180 filiados. Além disso, é o mais representado na Câmara de Deputados e tem a segunda maior bancada no Senado Federal, sendo um dos partidos com maior influência a nível nacional.

Alguns dos mais ilustres membros a nível nacional do PT são o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a atual Presidenta Dilma Rousseff; a nível estadual Regina Souza e FÁBIO NOVO.
Não é demérito e muito menos vergonhoso reconhecer que O Partido dos Trabalhadores e sua militância podem ter defeitos, mas não é justo atribuir ao PT o estigma de um partido dividido. A divisão do Partido dos Trabalhadores quando existe é no que diz respeito às disputas internas de composição de poder dentro do próprio partido, mas jamais no contexto de disputa em qualquer eleição. A FORÇA DA MILITÂNCIA PETISTA FAZ DIFERENÇA EM TODA ELEIÇÃO!

Dentro do contexto de análise de fatos e acontecimentos é chegado a hora de percebermos pontos positivos no contínuo exercício de aprendizado político. Os demais partidos precisam se espelhar no poder de organização partidária do Partido dos Trabalhadores. Fazer parte do PT significa ainda hoje vestir realmente a camisa da agremiação; significa está disponível a qualquer momento pra ser convocado pra reuniões; significa passar dias e dias em formação local e nacional; significa está imbuído do reciclar contínuo no que diz respeito ao aprimoramento intelectual via estudos; significa incorporar desejos e ansiedades de lutas coletivas. O Partido dos Trabalhadores têm organização!

A força da Militância Petista jamais deve ser subestimada, pois ela realmente é capaz de fazer diferença em todo e qualquer processo eleitoral; foi arquitetada nos melhores modelos de formação genuinamente CRISTÃ. O PT tem organização e estrutura partidária! Tem força a Militância Petista!

*Josenildo Melo é Assistente Social, Jornalista e Estudante de Direito.


*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.