GP1

Presidente da Fundação Palmares diz que "bandido bom é bandido morto"

Nas redes sociais, Sérgio Camargo criticou pessoas “hipócritas”, que discordam de seu posicionamento.

O presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, usou as redes sociais nesta quinta-feira (11) para defender penas mais rígidas em alguns crimes. Ele afirmou ser a favor da pena de morte em determinados casos.

Em sua conta no Twitter, Sérgio Camargo afirmou que bandidos devem ser punidos, independentemente de sua cor. Ele também fez referência a pessoas “hipócritas”, que discordam de seu posicionamento.

“Vou dizer uma coisa. Sou a favor da pena de morte para determinados bandidos e acho que bandido bom é bandido morto, seja preto ou branco”, escreveu na rede social.

Em um país de tanta impunidade, compartilho da opinião do presidente da Fundação Palmares.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.