GP1

Brasil

OAB suspende prova do Exame da Ordem devido à pandemia da covid-19

A decisão pelo adiamento se deu após avaliação da entidade em conjunto com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora da prova.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) suspendeu a prova objetiva do Exame da Ordem, que seria aplicada no dia 07 de março, em virtude da pandemia da covid-19. O anúncio pela diretoria da OAB Nacional na manhã deste sábado (27).

De acordo com comunicado oficial divulgado pela OAB, a decisão pelo adiamento se deu após avaliação da entidade em conjunto com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora da prova.

“A Diretoria da OAB Nacional comunica aos examinandos e examinandas do XXXII Exame de Ordem Unificado que está suspensa a realização da prova objetiva, inicialmente marcada para o dia 7 de março de 2021. A decisão foi tomada com base no estudo de viabilidade feito pela Fundação Getúlio Vargas, em decorrência do agravamento da pandemia do novo coronavírus no Brasil em todas as regiões do país”, diz a nota.

A OAB ainda não tem nova data para aplicação da prova objetiva, e ressaltou que no momento a prioridade é garantir a segurança dos participantes. A aprovação nessa avaliação é obrigatória para que um bacharel em Direito exerça a advocacia.

“A Diretoria da OAB Nacional informa ainda que, no momento, a prioridade é garantir a segurança sanitária de todos os examinandos e profissionais envolvidos na prova”, finaliza o texto.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.