GP1

Brasil

Edson Fachin levará ao plenário denúncia contra Arthur Lira

O presidente da Câmara dos Deputados está sendo investigado na Operação Lava Jato por corrupção passiva.

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou neste terça-feira (02) denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o deputado federal Arthur Lira (Progressistas), presidente da Câmara dos Deputados, que está sendo investigado na Operação Lava Jato por corrupção passiva. A pauta será levada ao plenário da Corte Suprema.

De acordo com o Inquérito 4631 da PGR, Lira é investigado por supostamente ter recebido vantagem indevida de cerca R$1,5 milhão da Construtora Queiroz Galvão.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Deputado Arthur Lira
Deputado Arthur Lira

Logo após apresentar a denúncia, no entanto, a PGR, se manifestou novamente pedindo a rejeição da peça, alegando ausência de justa causa, sob o argumento de que não há provas nos autos da relação entre o presidente da Câmara e a construtora já mencionada.

Ao analisar o novo pedido da PGR, o ministro Fachin observou que a manifestação posterior não é relevante a ponto de alterar a situação processual, nem de viabilizar sua retirada de pauta do Plenário do STF. O ministro deu prazo de 15 dias para que Arthur Lira se manifeste sobre a acusação.

Denúncia contra Ciro Nogueira

No mesmo parecer, Edson Fachin arquivou a denúncia contra o senador Ciro Nogueira (Progressistas) a pedido da própria PGR. O parlamentar era investigado na Operação Lava Jato por corrupção passiva, corrupção ativa, evasão de divisas e lavagem de capitais.

O ministro acolheu solicitação da PGR, que, em manifestação posterior à denúncia, pediu que o senador e os deputados federais Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) e Eduardo Henrique da Fonte (PP-PE) fossem retirados do processo.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.