GP1

Brasil

Veja o que já se sabe sobre Lázaro Barbosa, o ‘serial killer do DF’

A operação tem mobilizado centenas de agentes de segurança na tentativa de capturá-lo.
Por Estadão Conteúdo

Prosseguem as buscas nesta quarta-feira, 16, para prender Lázaro Barbosa de Sousa, conhecido como “Serial Killer do Distrito Federal”. Segundo a polícia, ele seria o responsável por quatro assassinatos de membros de uma mesma família em Ceilândia, região administrativa do DF vizinha a Brasília.

A operação tem mobilizado centenas de agentes de segurança de diferentes unidades na tentativa de capturá-lo. Após fugir de Ceilândia, Lázaro seguiu para cidades do interior de Goiás, reagiu a abordagens e atirou contra policiais. Nesta quarta-feira, 16, a operação para detê-lo se concentra em Cocalzinho de Goiás, a menos de 100 quilômetros de Ceilândia.

Quais são as acusações contra Lázaro Barbosa?

Lázaro é acusado de matar, a tiros e facadas, três pessoas na zona rural de Ceilândia no último dia 9 de junho. Os mortos eram Cláudio Vidal de Oliveira, de 48 anos, e os filhos Gustavo Marques Vidas, de 21 anos, e Carlos Eduardo Marques Vidal, de 15 anos.

O foragido também é acusado de participar do sequestro da mulher de Cláudio, Cleonice Marques de Andrade. O corpo dela foi encontrado no dia 12 à beira de um córrego, próximo da casa onde a família morava.

Ele possui antecedentes criminais?

Nascido na cidade baiana de Barra do Mendes, a 530 quilômetros de Salvador, Lázaro já respondeu, na cidade natal, a um processo por homicídio quando tinha 20 anos. Em 2011, já em Ceilândia, ele foi condenado por estupro e roubo com emprego de arma. Ele chegou a ser preso em 2018, em Águas Lindas de Goiás, mas fugiu do encarceramento poucos meses depois.

Por que a polícia encontra dificuldade em detê-lo?

Em entrevista na segunda-feira, 14, o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, classificou o foragido como "psicopata". "Ele, além de ser um psicopata, é da região. É o que nós chamamos de 'mateiro', acostumado a se emburacar no mato. Ele deve ter outra motivação psicótica. Está muito focado em seguir na trajetória criminosa. Mas vamos chegar até ele", afirmou.

A Polícia Militar usa helicópteros, cães farejadores e conta com auxílio da Polícia Federal para capturá-lo. "Trata-se de um bandido perigoso e pelo jeito treinado em se esconder pelas matas", disse o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

Por onde ele está sendo procurado?

O foragido havia sido visto em propriedades rurais na região do entorno do Distrito Federal e Goiás. Ele passou pelo povoado de Edilândia, na cidade de Cocalzinho de Goiás, distante 115 quilômetros de Brasília.

É em Cocalzinho de Goiás que as buscas se concentram nesta quarta-feira, 16. “Nós não vamos sair do local enquanto não achá-lo. Não vamos deixar desguarnecida a nossa população. Precisamos controlar a ansiedade. Ele vai ser pego. Ontem nós chegamos muito perto e hoje vamos pegá-lo”, afirmou nesta quarta-feira o secretário de segurança de Goiás, Rodney Miranda.

“Estamos nos reorganizando. Temos uma área um pouco menor para trabalhar. Não estamos descartando nenhuma informação que tem chegado. Tudo indica que ele ficou na mesma região. Parece que agora cedo ele andou se movimentando, mas nós estamos no encalço dele”, acrescentou Miranda.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.