Fechar
GP1

Brasil

Eduardo Leite anuncia R$ 12 bilhões para reconstrução do Rio Grande do Sul

O recurso que compõe o o fundo de investimento é proveniente do valor que o estado pagaria à União.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou a criação do Plano Rio Grande, uma iniciativa destinada a reparar os danos causados pelas enchentes no estado. O plano funcionará a partir da criação do Fundo Plano Rio Grande (Funrigs), com um investimento inicial de R$ 12 bilhões. O projeto, anunciado nesta sexta-feira (17), pretende reunir apoio do setor privado, da sociedade civil, das prefeituras e do Governo Federal.

Segundo Eduardo Leite, o Governo do Estado atuará com o envolvimento de todas as secretarias e órgãos públicos, sob a coordenação da recém-criada Secretaria da Reconstrução Gaúcha. “Este é um plano que não se limita a uma única secretaria. Não teremos divisões. A cooperação será fundamental em todos os níveis”, afirmou o governador.

Nesse sentido, o valor que será utilizado pelo Funrigs, responsável pela efetividade das medidas das secretarias envolvidas nas ações de reconstrução do Rio Grande do Sul, é proveniente do montante que o estado pagaria de dívidas com a União. Além disso, o fundo poderá receber recursos federais e emendas parlamentares.


Como funciona o plano

Conforme descrição de Eduardo Leite, o Plano Rio Grande pretende trabalhar em três frentes. A primeira, focada em assistência social, ações de curto prazo voltadas para um trabalho emergencial aos afetados pelas chuvas.

A segunda frente de atuação já é voltada para a reconstrução, iniciativas de médio prazo que abrangem empreendimentos habitacionais, obras, etc. Por fim, o terceiro destaca o plano de desenvolvimento econômico amplo de longo prazo, coordenado pelo próprio governador.

“Não basta cuidarmos das pessoas no curto prazo e reconstruirmos o que tínhamos da forma como era. Vamos precisar apontar um horizonte e o futuro do estado com a capacidade de animais os próprios gaúchos e o Brasil”, afirmou o governador do Rio Grande do Sul.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.