GP1

Ciência e Tecnologia

Ministro da Saúde promete informatizar UBS até o final de 2018

As medidas para a modernização do SUS incluem ainda mais interatividade com os pacientes.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou nesta segunda-feira (14), durante a abertura do Summit Saúde Brasil 2017, que todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estarão informatizadas até o final do próximo ano.

Segundo o ministro, todas as UBSs devem passar pelo processo, que inclui a implantação do prontuário eletrônico dos pacientes. As medidas para a modernização do SUS incluem ainda mais interatividade com os pacientes que, por meio do aplicativo E-Saúde, vão poder inclusive avisar quando não for possível comparecer a uma consulta.

  • Foto: Aloisio Mauricio/Estadão ConteúdoMinistro da Saúde, Ricardo BarrosMinistro da Saúde, Ricardo Barros

“Hoje, financiamos doença e temos que passar a financiar saúde. Investir em prevenção e promoção será a palavra de ordem. Sabemos que, em 30% das consultas, as pessoas não comparecem. Elas poderão confirmar com o smarthphone”, explicou Barros.

Para fazer a informatização das UBs, o ministério deve fazer um contrato com duração de 60 meses, que será pago mensalmente. O ministro apresentou ainda, durante sua fala, o projeto de criação de uma fila única para procedimentos cirúrgicos, cuja posição também poderá ser consultada por smarthphones.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.