Barack Hussein Obama, um Kennedy negro?

Foi assim com o carismático presidente católico John Kennedy, no início tudo uma grande maravilha, um apoio incondicional por parte de todos: negros, brancos, latinos e população em geral, independentemente de cor, credo ou partido político. Hoje, os americanos e alguns outros pelo o mundo afora, louvam e endeusam o novo presidente dos Estados Unidos - que de novo tem somente a cor. Mesmo tendo a difícil tarefa de soerguer a economia norte americana, a política do ‘Tio San’ continuará a mesma para o resto do mundo, pois antes da posse, Obama já falava em modernização das forças armadas, ou seja, se depender dos militares, Obama fará de tudo para manter o posto de nação mais rica e poderosa, política e economicamente. Só espero que não venha a ter a mesma sorte de John Kennedy.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811