Deputada federal Margarete Coelho está a serviço de quem?

- atualizado

A deputada federal Margarete Coelho (PP-PI), que comanda o grupo de trabalho que trata do Pacote Anticrime, está conseguindo arruinar toda a proposta do ministro da Justiça, Sérgio Moro. A piauiense conseguiu derrubar a possibilidade que permitia ao delegado liberar o cidadão que matasse um bandido em legítima defesa.

Segundo a proposta do ministro da Justiça, a pessoa que matasse um bandido para se defender poderia ser liberada pelo delegado após o fato.

O grupo comandado pela deputada Margarete, no entanto, votou para manter a legislação atual em vigor, onde um cidadão que mata um bandido em legítima defesa precisa fugir para não ser preso em flagrante. Caso seja levado à delegacia, é preciso uma decisão judicial para liberá-lo. É o cúmulo do absurdo!

  • Foto: Alef Leão/GP1Margarete CoelhoMargarete Coelho

Nos Estados Unidos o cidadão tem o direito de se defender. Se um marginal invade sua residência, você o mata, chama a polícia – após depoimento no local do episódio – é liberado em seguida e, em certos casos, com honraria. Já no Brasil, os papéis são invertidos. Sem segurança, o cidadão vive com medo e à mercê da bandidagem.

Na verdade, quem tem uma “parlamentar da qualidade” como Margarete Coelho, definitivamente, não precisa de inimigos.

Daqui a três anos a deputada Margarete terá a cara de pau de sair pelas ruas pedindo votos novamente, e seus eleitores – pascácios – deverão ajudar a perpetuar esse tipo de parlamentar no poder. É uma lástima!

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811