Reitor da UFPI nega irregularidades em consulta acadêmica

- atualizado

O reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), José Arimatéia Dantas Lopes, entrou em contato com o este blog na noite desta quinta-feira (13), para prestar esclarecimentos acerca da nota intitulada “Gildásio Guedes foi o mais votado na UFPI, mas Consun quer impedir seu nome na lista tríplice”.

De acordo com o reitor, não procede a informação de que o Conselho Universitário (Consun) pretende tirar o nome do professor Gildásio Guedes da listra tríplice que será encaminhada ao Ministério da Educação (MEC), após a consulta acadêmica realizada nesta quarta-feira (12), cujo vencedor foi o professor André Macêdo.

“Duas coisas estão incorretas, primeiro a informação que o Conselho Universitário não quer colocar o nome dele na lista tríplice, nunca aconteceu isso, ele faz parte do Consun, ele tem seguidores dentro desse Conselho”, argumentou o professor.

  • Foto: Lucas Dias/GP1José Arimatéia Dantas LopesJosé Arimatéia Dantas Lopes

Arimatéia Dantas esclareceu ainda que Gildásio Guedes só venceria a consulta acadêmica caso o voto naquela instituição fosse universal, ou seja, sem diferença de peso entre estudantes, professores e servidores técnico-administrativos.

“Na universidade temos cerca de 30 mil estudantes e 1.500 professores, se o voto fosse universal, cada um tivesse o mesmo peso, não precisaria os professores votarem, bastava os estudantes, porque eles são 30 mil e elegeriam quem eles quisessem. O que o próprio Gildásio defende é o voto paritário, ou seja, peso de um terço para cada segmento, e mesmo se o voto fosse paritário o André teria ganho, porque ele ganhou com folga com voto dos professores e dos técnicos, só perdeu com o voto dos estudantes”, enfatizou.

André Macêdo e Carlos Sait, da Chapa 04 (Fortalecer, Conectar e Inova), conquistaram 3.864 votos, de professores, técnicos administrativos e alunos. Após cálculos com os pesos de cada segmento, eles ficaram em primeiro lugar.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811