GP1

Coronavírus no Piauí

Piauí chega a 2.658 mortes em decorrência da covid-19, diz Sesapi

Conforme o boletim da Sesapi, das 129.825 pessoas que contraíram o vírus no Piauí desde o início da pandemia, 126.709 já estão curadas.

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) divulgou boletim epidemiológico na noite desta quinta-feira (03), informando que o número de óbitos por covid-19 (coronavírus) no estado subiu de 2.650 para 2.658 e a quantidade de casos confirmados passou de 129.096 para 129.825. Foram seis mortes nas últimas 24 horas e 729 novos casos, sendo que grande parte destes é de dias anteriores, de acordo com a Sesapi.

Segundo o boletim, das 129.825 pessoas que contraíram o vírus no Piauí desde o início da pandemia, 126.709 já estão curadas e 283.889 casos foram descartados, após a realização de testes rápidos e exames no Laboratório Central do Piauí (Lacen).

Uma mulher e sete homens não resistiram às complicações da Covid-19. Ela era natural de Simplício Mendes (50 anos). Os do sexo masculino eram das cidades de Amarante (48 anos), Baixa Grande do Ribeiro (31 anos), Barras (86 anos), Francisco Ayres (71 anos), Palmeiras (79 anos), Piripiri (87 anos) e Teresina (71 anos). Três vítimas possuíam comorbidades. Dos 729 novos casos confirmados da doença, são 370 mulheres e 416 homens, com idades que variam de um mês a 99 anos.

Os óbitos pelo novo coronavírus no estado foram registrados em 197 municípios. Até agora, morreram 1.551 homens e 1.107 mulheres.

Situação diária de internações

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à covid-19, há 458 ocupados, sendo 275 leitos clínicos e 171 UTIs e 12 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 6.674 até o dia três de dezembro.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Anvisa pode liberar uso emergencial de vacina em teste contra covid-19

Covid-19: clínicas querem receber vacina entre fim de 2021 e início de 2022

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.