GP1

Coronavírus no Piauí

Crianças com comorbidades serão prioridade na vacinação, diz Sesapi

Segundo a Sesapi, o Plano Nacional de Imunização (PNI) determina essa prioridade para o público.

O secretário de Estado de Saúde, Florentino Neto, informou nesta quinta-feira (13), que as crianças, entre 5 e 11 anos, que possuem comorbidades, indígenas e quilombolas, serão a prioridade para vacinação contra a covid-19, no Piauí.

De acordo com Florentino Neto, o Plano Nacional de Imunização (PNI), determina que, inicialmente, o público infantil com comorbidades, deficiência permanente, quilombolas e indígenas, sejam os primeiros a receberam a imunização.

Foto: Divulgação/AscomFlorentino Neto
Florentino Neto

“Vamos iniciar pelo o que preconiza e determina o Plano Nacional de Imunização (PNI), começando pelas crianças com comorbidades, deficiência permanente, quilombolas e indígenas e logo em seguida, a vacinação de todo o público”, disse o secretário de Saúde.

Primeiro lote de vacinas

O Ministério da Saúde anunciou na manhã desta quinta-feira (13) que encaminhará ao Piauí 20.200 vacinas contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos. Inicialmente, o voo está previsto para chegar ao Aeroporto Senador Petrônio Portela, em Teresina, nesta sexta-feira (14), às 16h35.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.