GP1

Economia e Negócios

Cadastro no Bolsa Família será feito por aplicativo, anuncia Bolsonaro

“Vamos libertar as pessoas mais humildes do jugo de quem quer que seja”, disse o presidente.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), anunciou nesta quinta-feira (13), que o cadastro para o programa Bolsa Família não será mais realizado presencialmente, nas prefeituras de cada município, e sim através de um aplicativo, que deve ser lançado em breve.

O anúncio do presidente foi feito durante cerimônia de entrega de 500 unidades habitacionais para famílias de baixa renda do Residencial Oiticica 1, em Maceió, no estado de Alagoas. Ao lado de ministros e do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas), Bolsonaro disse que a inovação no Bolsa Família foi idealizada pelo ministro da Cidadania, João Roma.

“Obrigada João Roma, por estar à frente do Ministério da cidadania, você trabalha para os mais humildes e está quase pronta a questão do novo Bolsa Família, proposta tua, brevemente a inclusão do Bolsa Família não será mais procurando prefeituras pelo Brasil, será feito através de um aplicativo”, afirmou o presidente.

Jair Bolsonaro enfatizou que, com esse novo mecanismo, o objetivo do Governo Federal é garantir mais facilidade para as famílias vulneráveis. “Vamos libertar as pessoas mais humildes do jugo de quem quer que seja”, concluiu.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.