GP1

Economia e Negócios

Piauí mantém gasolina mais cara do Brasil com preço de R$ 8,13, diz ANP

A ANP realizou o levantamento em mais de 60 postos nas cidades de Teresina, Piripiri, Picos e Parnaíba.

Levantamento realizado pelo GP1 neste sábado (07), com base nos dados do último relatório da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), apontou que o Piauí vendo o litro da gasolina comum R$ 8,13, sendo o preço médio do mais caro de todo o Brasil.

Segundo os dados da ANP, a média no preço se manteve em R$ 8,13 nos postos piauienses e mesmo assim superou todos os valores dos outros estados do país.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Bomba de gasolina em Teresina
Bomba de gasolina em Teresina

Depois do Piauí aparecem Rio de Janeiro (R$ 7,839), Distrito Federal (R$ 7,699) e Ceará (R$ 7,649) com os valores mais altos no país. Os estados com os menores valores são Amapá (R$ 6,482), São Paulo (R$ 6,948), Rio Grande do Sul (R$ 6,95) e Roraima (7,048).

A ANP realizou o levantamento em mais de 60 postos nas cidades de Teresina, Piripiri, Picos e Parnaíba. Nesses municípios, os maiores valores foram encontrados na capital Teresina.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.