GP1

Eleições 2022

Leonardo Eulálio e Fábio Xavier vão discutir comando do PL com Dr. Pessoa

O prefeito foi procurado por alguns membros do Partido Liberal, dentre eles, o ex-deputado Paes Landim.

O deputado estadual Fábio Xavier (ex-presidente do PL) e o presidente do Diretório do PL de Teresina, vereador Leonardo Eulálio, terão um encontro com o prefeito de Teresina Dr. Pessoa (MDB) nesta terça-feira (18). O encontro foi proposto pelo líder liberal e o assunto deverá ser o comando do partido, que está prestes a passar para as mãos do chefe do Palácio da Cidade.

Na semana passada, o prefeito foi procurado por alguns membros do Partido Liberal, dentre eles, o ex-deputado federal Paes Landim que revelou ao GP1 na oportunidade, que seguirá na sigla, apoiando os projetos de Dr. Pessoa para as eleições deste ano. A deputada federal Marina Santos, também esteve com o chefe do Palácio da Cidade.

Foto: Lucas Dias/GP1Vereador Leonardo Eulálio
Vereador Leonardo Eulálio

PL

Na semana passada, Dr. Pessoa esteve em Brasília. Lá ele cumpriu agenda com ministro e com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). Além da pauta administrativa, foram debatidas questões políticas, sobretudo, no tocante a possibilidade de o prefeito assumir o comando do PL ou do União Brasil.

Apesar de ainda não ter acertos, Bolsonaro demonstrou interesse de que o chefe do executivo teresinense assumisse as rédeas do Partido Liberal no Piauí.

Deixou comando

Na reunião que teve com o presidente nacional do PL Valdemar Costa Neto, Fábio Xavier entregou o comando do partido no Piaui. A saída de Xavier da sigla só ocorrerá quando houver a abertura da janela partidária, em abril.

Xavier está tomando a atitude de deixar a legenda para assegurar permanência na base do Governo Wellington Dias, que é do PT, partido adversário de Jair Bolsonaro.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.