GP1

Teresina - Piauí

Dr. Pessoa dá ultimato ao PL para filiação: "tolerância é até o dia 20"

Segundo o prefeito, ele vai aguardar decisão do PL até o dia 20, depois ele vai procurar outro partido.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, que já está com um “pé” fora do MDB afirmou em entrevista à imprensa nesta sexta-feira (14) que deu prazo de seis dias para que o PL (Partido Liberal) decida se quer a sua filiação.

Segundo o prefeito, se o PL o procurar até o próximo dia 20 ele irá “abraçar” o partido. “Se o PL vier para mim até o dia 20, eu abraço. Depois do dia 20 vou procurar outro partido”, garantiu Dr. Pessoa.

Foto: Lucas Dias/GP1Prefeito Dr. Pessoa
Prefeito Dr. Pessoa

Questionado o que está faltando para a filiação, Dr. Pessoa disse que é uma posição dos dirigentes do partido. “Quem sabe são os homens, Bolsonaro, Ciro Nogueira e Valdemar Costa Neto. Só que minha tolerância é até o dia 20 deste mês”, disparou.

A proposta para se filiar ao PL, inclusive para comandá-lo, foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro durante encontro com o prefeito Dr. Pessoa, em Brasília na última segunda-feira (10).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.