GP1

Eleições 2022

Conheça os pré-candidatos que vão concorrer ao Senado no Piauí

Neste ano será eleito apenas um nome, para ocupar a vaga de Elmano Férrer (Progressistas).

Após divulgar a lista dos postulantes ao Governo do Piauí, o GP1 divulga, nesta terça-feira (24), os nomes daqueles que já se colocaram como pré-candidatos ao Senado Federal. Até agora, quatro chapas já anunciaram pré-candidaturas ao cargo de senador.

Neste ano será eleito apenas um nome, para ocupar a vaga de Elmano Férrer (Progressistas), que foi eleito em 2014 e já deixou claro que não pretende tentar reeleição.

O primeiro nome confirmado foi o do ex-governador Wellington Dias (PT), que recentemente deixou o comando do Palácio de Karnak para se dedicar à disputa pelo Senado. Do outro lado, o ex-prefeito de Floriano, Joel Rodrigues (Progressistas), vai brigar pelo cargo representando a oposição liderada por Ciro Nogueira.

Além de Wellington e Joel, pretendem concorrer ao Senado o professor Ajosé Fontinelle, pelo PMN, e o empresário Fábio Sérvio, pelo Podemos.

Foto: GP1/ReproduçãoAjosé Fontinelle, Fábio Sérvio, Joel Rodrigues e Wellington Dias
Ajosé Fontinelle, Fábio Sérvio, Joel Rodrigues e Wellington Dias

As chapas encabeçadas por Gessy Fonseca (PSC), Major Diego Melo (PL) e Gustavo Henrique (Patriota) ainda não definiram seus nomes. A chapa do Novo, que tem Wallace Miranda como pré-candidato ao Governo, não vai disputar o Senado.

Conheça o perfil de cada pré-candidato:

Ajosé Fontinelle (PMN) – Estreando nestas eleições, se filiou ao PMN em março deste ano já com objetivo de concorrer ao Senado. Professor, escritor, ator e cineasta, é mestre em Letras pela Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

Fábio Sérvio (Podemos) – Empresário e publicitário, já disputou o Governo do Estado pelo PSL, em 2018, quando conseguiu obter 63.431 votos, ficando em quarto lugar. Em 2020 concorreu na eleição para a Prefeitura de Teresina, pelo PROS.

Joel Rodrigues (Progressistas) – eleito quatro vezes prefeito de Floriano, também já foi vereador do município por três mandatos. Ocupou uma cadeira na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) como suplente.

Wellington Dias (PT) – eleito governador do Piauí por quatro vezes. Iniciou na carreia política sendo eleito vereador de Teresina. Depois, foi eleito deputado estadual, deputado federal e, após exercer dois mandatos no Karnak, foi eleito senador, no ano de 2010.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.