GP1

Entretenimento

Wesley Safadão e esposa são indiciados por irregularidades em vacinação

A esposa dele é suspeita de ter furado a fila da vacina contra covid-19 no estado do Ceará.

O bordão "vai safadão" está diferente. Isso porque Wesley Safadão e Thyane Dantas e mais cinco pessoas foram indiciadas na noite dessa quarta-feira (29), pela Polícia Civil do Ceará por irregularidades na vacinação contra a Covid-19. O inquérito foi enviado ao Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

As investigações da Polícia Civil duraram dois meses e 19 pessoas ao todo foram ouvidas. Conforme as apurações, três servidores públicos da Secretaria de Saúde do Município (SMS) de Fortaleza teriam sido responsáveis pela tentativa bem sucedida de Wesley Safadão e Thyane Dantas de burlar a vacinação.

Foto: Reprodução/InstagramWesley Safadão
Wesley Safadão

O casal responderá pelos crimes de peculato e infração de medida sanitária. De acordo com a Polícia Civil, as penas somadas podem chegar até 13 anos de prisão.

Outra pessoa indiciada foi Sabrina Tavares, a produtora do cantor, porém, apenas pelo crime de infração de medida sanitária.

Relembre o caso

Thyane Dantas foi vacinada contra covid-19 no dia 08 de julho deste ano. Nesse período ela tinha apenas 30 anos, porém a vacinação em Fortaleza previa aplicação em pessoas de 32 anos ou mais.

A produtora Sabrina Tavares e Wesley Safadão estavam agendados para serem vacinados no mesmo dia no Centro de Eventos do Ceará, mas foram a outro posto de vacinação em um shopping de Fortaleza.

*Com informações da repórter Mikaela Ramos

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.