GP1

Conceição do Mato Dentro - Minas Gerais

Cachê milionário de Gustavo Lima em MG repercute na web

Cidade pequena gastará R$ 2,3 milhões com Gustavo Lima e mais atrações no mês de junho.

A Prefeitura de Conceição do Mato Dentro, região central de Minas Gerais, contratou Gusttavo Lima pelo valor de $1,2 milhões. A apresentação será no dia 20 de junho, na 30ª Cavalgada do Jubileu do Senhor Bom Jesus dos Matozinhos.

O evento irá ocorrer entre os dias 17 a 23 do próximo mês e irá contar com a presença de vários artistas, como, Bruno e Marrone, Israel e Rodolffo, entre outros. No total, todos os contratos disponíveis no portal da prefeitura estão avaliados em R$ 2,3 milhões.

O contrato do cantor Gustavo Lima, é o mais caro dentre os artistas que irão marcar presença no evento, com hospedagem no “melhor hotel da região” de 40 pessoas da equipe e gastos diários com alimentação, avaliados em R$ 4 mil reais diários. Além disso, transporte para o artista, produção, banda, técnicos e músicos.

No documento está previsto o pagamento sob regras, com o pagamento sendo efetuado em duas parcelas. A primeira, no ato da assinatura, e a segunda, pós a realização do show. O que gerou curiosidade na contratação do artista, foi a proporção do valor do cachê com a população da cidade, sendo de cerca de 17.438 habitantes. Por meio de nota, a Prefeitura de Conceição do Mato Dentro relatou, “os processos licitatórios para a contratação de Gusttavo Lima e os outros artistas "foram realizados dentro da legalidade". Segundo a assessoria do munícipio, a ideia do evento é gerar renda para a população com o turismo local, impulsionando comércio local, com hospedagem, bares e restaurantes, postos de gasolina, padaria, aluguel de casas e a diversificação da economia.

O dinheiro veio de recursos da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem), tributo pago pelas mineradoras às cidades onde há atividade mineradora. Porém, essa verba deve ser usada em serviços de saúde, educação e infraestrutura. O município defende que o evento vai trazer retorno superior ao gasto com o pagamento dos cachês.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.