João Costa - PI

Acusado de assassinar ex-sogra em João Costa vira réu na Justiça

A denúncia do Ministério Público do Estado foi recebida no dia 9 de janeiro pelo juiz Filipe Bacelar Aguiar Carvalho, da Vara Única da Comarca de São João do Piauí.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O juiz Filipe Bacelar Aguiar Carvalho, da Vara Única da Comarca de São João do Piauí, recebeu denúncia do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) contra Alex Gomes Santana, que virou réu acusado de assassinar a tiros a ex-sogra, identificada como Rita Aparecida de Sousa no município de João Costa. A decisão foi dada no dia 9 de janeiro.

No último dia 3 de janeiro, a juíza Patrícia Luz Cavalcante da Vara Núcleo de Plantão de São Raimundo Nonato negou o pedido de revogação da prisão preventiva do acusado. Nos autos, a magistrada considerou que a prisão preventiva do acusado segue fundamentada no princípio da materialidade e dos indícios da autoria, pois no dia 22 de dezembro de 2019, data em que o crime ocorreu, Alex teria a intenção de matar a ex-companheira.

  • Foto: Divulgação/PM PIAcusado de mata a ex-sogra na cidade de João CostaAcusado de matar a ex-sogra na cidade de João Costa

A juíza Patrícia Luz ainda apontou na decisão que a arma do crime não foi encontrada e nem apreendida, mesmo após diligências da polícia com o mandado de prisão expedido.

Prisão e crime

Alex Gomes Santana, acusado de matar a ex-sogra, foi preso pela Polícia Militar no dia 24 de dezembro no município de João Costa, 496 km de Teresina. Segundo a Polícia Militar, o suspeito tentou matar a ex-companheira e acabou atingindo a mãe dela, Rita Aparecida, com um tiro na cabeça. Rita chegou a ser encaminhada para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas acabou morrendo.

Outro homem, atual companheiro da filha de Rita, que também estava próximo, foi atingindo com três disparos e sobreviveu.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Juíza nega liberdade a acusado de assassinar ex-sogra em João Costa

Suspeito de matar a ex-sogra é preso pela PM em João Costa

Homem baleado em João Costa não corre risco de morte, diz hospital

Mãe é baleada na cabeça ao tentar proteger a filha em João Costa