Teresina - PI

Acusado de matar esposa a facadas na Vila São José vai a julgamento dia 30

O juiz Sandro Francisco Rodrigues determinou que a sessão seja realizada por meio de videoconferência, por conta da pandemia de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Acontece na próxima quarta-feira (30), a sessão de julgamento de Hamilton Macêdo Santos, acusado de assassinar sua própria esposa, Joana Darc Silva, 30 anos, com várias facadas em maio de 2018, na Vila São José, zona sul de Teresina.

No dia 11 de setembro deste ano, o juiz Sandro Francisco Rodrigues, determinou que a sessão seja realizada por meio de videoconferência, por conta da pandemia de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

  • Foto: Divulgação/PMSuspeito do crime preso pela PMSuspeito do crime preso pela PM

“Conduzir o preso ao átrio do fórum é risco que se pode evitar mediante sua oitiva por videoconferência. O tráfego do acusado preso no interior do fórum, o contato com número indeterminado de pessoas, a utilização dos banheiros do prédio, a permanência por tempo indeterminado no local, tendo em vista a possibilidade de a sessão de julgamento se alongar, a utilização de elevadores ou mesmo escadarias com as demais pessoas, denotam grave risco de contaminação”, destacou o magistrado.

Entenda o caso

Joana Darc Silva, de 30 anos de idade, foi morta a facadas pelo companheiro, identificado como Hamilton Macêdo Santos no dia 31 de maio de 2018, em uma residência situada na Vila São José, bairro Promorar, zona sul de Teresina. Logo após o crime, o acusado foi capturado.

Conforme a delegada Fernanda, do Plantão Policial Metropolitano de Gênero, o casal possuía um relacionamento conturbado. “Nós escutamos a irmã da vítima, que não soube dar muitos detalhes já que Joana era calada, mas que, de vez em quando, a vítima falava que era maltratada e que o acusado era bem agressivo”, informou.

Joana tinha dois filhos, um menino de quatro anos e uma menina de nove anos. O mais novo estava na residência quando o fato ocorreu. Conforme os policiais da Companhia Independente de Policiamento do Promorar, o acusado confessou o crime.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Decretada prisão preventiva de acusado de matar mulher em Teresina

Mulher é morta a facadas dentro de casa no bairro Promorar

Mais conteúdo sobre: