São Paulo - SP

Acusado de matar radiologista do HGV é preso pelo DHPP em São Paulo

A prisão ocorreu após troca de informações entre a Polícia Civil do Piauí, através do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa - DHPP, em parceria com a Polícia Civil de São Paulo.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Os policiais do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) do estado de São Paulo prenderam nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (10), na cidade de São Paulo, o acusado de assassinar o Kleiton Ângelo Guedes Assunção Martins no dia 11 de dezembro do ano passado, na Taboca do Pau Ferrado, zona sudeste de Teresina. O jovem era filho do cinegrafista Kleiton Martins, da TV Clube.

A prisão ocorreu após troca de informações entre a Polícia Civil do Piauí, através do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa - DHPP, em parceria com a Polícia Civil de São Paulo.

  • Foto: Reprodução/FacebookKleiton ÂngeloKleiton Ângelo

Durante a ação policial, foram cumpridos, além do mandado de prisão contra J. S. S. na cidade de São Paulo, mais cinco mandados de busca e apreensão pelo DHPP em Teresina, cujo material será acrescentado às investigações sobre a morte de Kleiton Ângelo Guedes Assunção Martins.

De acordo com o delegado Jarbas Lima, presidente do inquérito, dois meses após cometer o crime, o acusado se evadiu para a cidade de São Paulo-SP e ainda assim o DHPP do Piauí conseguiu identificar a localização do alvo, que acabou sendo preso pelo DHPP de São Paulo nesta manhã. Ainda não se sabe o que motivou o crime.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jovem é executado com nove tiros na Taboca do Pau Ferrado

Jovem executado com nove tiros trabalhava como radiologista no HGV