Coronavírus no Piauí

Apenas 6,46% dos mortos por covid-19 no Piauí não tinham comorbidades

Conforme a Sesapi, 93,54% das vítimas da covid-19 no Piauí possuíam comorbidades, e quase metade delas sofriam de problemas cardíacos e hipertensão, sendo 44,4% do total.

Fábio Wellington
Teresina
Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

Dados do painel epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), atualizado na noite desta terça-feira (28), mostram que, dos 1.292 piauienses que já morreram no Piauí em decorrência do novo coronavírus (Covid-19), apenas 6,46% eram consideradas saudáveis, ou seja, não tinham doenças que, relacionadas com o vírus, se tornam letais.

Segundo o painel, 93,54% das vítimas tinham comorbidades, e quase metade delas sofriam de problemas cardíacos e hipertensão, sendo 44,4% do total. Em segundo lugar, com 25,8%, estão pacientes com diabetes. A doença neurológica crônica ou neuromuscular representa 5,38% das mortes, seguida, de doença renal, com 4,71%.

Pneumopatia é responsável por 4,55% dos óbitos, em seguida, vem obesidade (3,31%), neoplasia (2,64%), imunodepressão (1,09%), doença hepática (0,83%), asma (0,52%), síndrome de down (0,1%), e doença hematológica (0,05%). Ainda de acordo com a Sesapi, 0,05% das mortes foram de mulheres puérperas.

Ainda de acordo com o painel da Sesapi, 54,9% das cidades piauienses já registraram mortes devido ao novo coronavírus, o que representa 123 municípios. 101 ainda não registraram óbitos, e 5 cidades continuam sem registrar casos da covid-19.

Piauí é o estado do Nordeste com menos mortes

Com 1.292 mortes registradas desde o início da pandemia, o Piauí continua sendo a menor quantidade de óbitos por covid-19 entre os estados do Nordeste, conforme o Painel Epidemiológico do Consórcio Nordeste. O estado com o maior número é o Ceará, com 7.516 óbitos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Piauí registra 1.292 mortes e 48.962 casos confirmados de covid-19

Brasil já possui 1.721.560 pessoas recuperadas da covid-19

Mais conteúdo sobre: