Paulistana - PI

Candidato Luís Coelho é acusado de abuso de poder econômico

Também foram denunciados, a candidata a vice-prefeita Joycilena Cristianne, além da coligação “Paulistana de volta ao progresso”.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A coligação “Unidos para paulistana continuar avançando” e o candidato a prefeito de Paulistana, Joaquim da Farmácia, ingressaram com Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), no dia 12 de novembro, contra o também candidato a prefeito, Luís Coelho, acusado de abuso de poder econômico. Também foram denunciados a candidata a vice-prefeita Joycilena Cristianne, além da coligação “Paulistana de volta ao progresso”.

De acordo com a denúncia, Luís Coelho, muito antes do período em que autorizava a propaganda eleitoral e, consequentemente, a realização de gastos de campanha, já efetuava despesas com propaganda como: a confecção/distribuição de camisas (brindes); utilização de profissionais e câmaras para confecção de vídeos; utilização de equipes para confecção de vídeos e atos de campanha eleitoral; e utilização de drones para realização de ato/vídeos/propaganda.

  • Foto: Reprodução/FacebookLuís CoelhoLuís Coelho

Tais fatos, segundo o denunciante, caracterizam a interferência desmedida do poder econômico em prol da candidatura de Luís Coelho, “condutas estas que tem reflexos diretos na igualdade entre os candidatos concorrentes, ferindo de morte a lisura do pleito, como restará comprovado nos presentes autos”.

“Os fatos acima elencados e comprovados com o vídeo, evidencia ao abuso do poder econômico do Investigado que utilizando de recursos econômicos não declarados causou o efetivo desequilíbrio na disputa eleitoral”, diz trecho da denúncia.

Ao final, foi pedido o recebimento da ação com a posterior condenação dos denunciados à cassação dos registros de candidatura e aplicação de multa.

Outro lado

Procurado na tarde deste sábado (14), o candidato Luís Coelho não foi localizado pelo GP1.

Mais conteúdo sobre: