Teresina - PI

Cantor Evandro Costa segue internado e sem previsão de alta no HUT

Evandro da Silva foi alvejado pelos policiais ao não acatar ordem de parada. A filha mais velha do casal, Emíle Caetano da Costa, de 9 anos, morreu após ser baleada por dois tiros.

Thais Souza
Teresina
- atualizado

O cantor sertanejo Evandro da Silva Costa, de 31 anos, que foi baleado durante uma perseguição realizada por policiais do 5º BPM, continua internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e não tem previsão de alta ainda.

De acordo com informações repassadas pela assessoria do HUT, o estado de saúde de Evandro é estável, mas a bala continua alojada próximo ao ouvido. Ainda não existe previsão de procedimentos cirúrgicos a serem realizados na vítima, e nem de alta.

  • Foto: Facebook/Evandro CostaEvandro CostaEvandro Costa

Segundo Gilberto Albuquerque, diretor do HUT, retirar bala que se encontra alojada não é possível, pois a cirurgia de retirada de bala prejudica mais. Só é feita a remoção quando a bala está realmente prejudicando de alguma forma o paciente, que é o que acontece quando a bala se aloja em alguma articulação. Esse não é o caso de Evandro.

Entenda o caso

O cantor Evandro estava no veículo com a mulher e três filhas, nessa última segunda (25), quando foi alvejado pelos policiais ao não acatar ordem de parada. A filha mais velha do casal, Emily Caetano da Costa, de 9 anos, foi atingida com dois tiros e faleceu horas depois do incidente.

  • Foto: Facebook/Dayanne EvandroEmíle foi morta durante abordagem policial Emíle foi morta durante abordagem policial
Mais conteúdo sobre: