Paulistana - PI

Decretada preventiva de preso com R$ 120 mil em cocaína no Piauí

A grande quantidade de droga estava embalada, carimbada com a foto no narcotraficante Pablo Escobar e enterrada no quintal da residência onde o suspeito mora.

Davi Fernandes
Teresina
Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A juíza Mariana Marinho Machado, respondendo pela Vara Única da Comarca de Paulistana, decretou nesta quinta-feira (31), a prisão preventiva de Romário Rodrigues Sousa, acusado de tráfico de drogas. Ele foi preso em flagrante, na terça-feira (29), com três quilos de cocaína, avaliada em pelo menos R$ 120 mil.

Nos autos, a magistrada apontou que existem indícios suficientes de autoria, sendo que o crime flagrado é grave, devido à quantidade de droga encontrada.

“No caso em tela, presentes a prova da materialidade e indícios suficientes de autoria, estes decorrentes do estado de flagrância em que foi recolhido o custodiado. Para além disso, a verificação das circunstâncias fáticas em que realizada a prisão denotam que o crime imputado ao flagrado é concretamente grave. Isso porque, dentro da residência do mesmo, foram encontrados 3,100 kgs de cocaína, em tabletes”, destacou.

  • Foto: Divulgação/PM PIPM de Paulistana prende homem e apreende cocaínaPM de Paulistana prende homem e apreende cocaína

Ainda segundo a decisão da juíza, a quantidade droga encontrada com o suspeito poderia abastecer o mercado de tráfico de drogas por um longo período de tempo.

“Trata-se, pois, de cidade com pequena extensão territorial e população, de sorte que a quantidade de drogas apreendidas com o custodiado, levada à venda, poderia abastecer o mercado ilícito local por longo período de tempo e servir como elemento de deterioração da qualidade de vida dos populares, haja vista o risco à saúde pública e a possibilidade de realização de outros crimes a partir do consumo das substâncias entorpecentes”, ressaltou.

Foi decretada então a prisão preventiva do acusado, além de ter sido determinado envio de ofício à autoridade policial para que proceda com a transferência do custodiado para presídio mais próximo do distrito de culpa e em que haja vaga e condições de segurança para lhe abrigar, caso a sua presença no distrito da culpa não mais seja necessária.

Entenda o caso

Uma operação da Polícia Militar em parceria com a Polícia Civil na terça-feira (29), resultou na prisão de um homem identificado como Romário Rodrigues de Sousa, de 24 anos, que estava com 3 quilos de cocaína avaliada em 120 mil reais, no bairro Santo Antônio, em de Paulistana, distante 466 km de Teresina.

Segundo o major Felipe, comandante do 20º BPM de Paulistana, a grande quantidade de droga estava embalada, carimbada com a foto no narcotraficante Pablo Escobar e enterrada no quintal da residência onde o Romário mora.

NOTÍCIA RELACIONADA

Homem é preso com cocaína avaliada em R$ 120 mil em Paulistana