Teresina - PI

Estudante da UFPI é preso pela PF com 100 comprimidos de ecstasy

As ações ocorreram durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, expedido pela justiça estadual em virtude de uma investigação que apura o tráfico interestadual de entorpecentes.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Um estudante de filosofia da Universidade Federal do Piauí foi preso na manhã desta quarta-feira (21), pela Polícia Federal, com 100 comprimidos de ecstasy em sua residência localizada no bairro Monte Castelo, zona sul de Teresina.

As ações ocorreram durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, expedido pela justiça estadual em virtude de uma investigação que apura o tráfico interestadual de entorpecentes. Todo o material apreendido, segundo a Polícia Federal, seria distribuído em festas na Capital.

  • Foto: Divulgação/PF-PIComprimidos apreendidos pela PF no bairro Monte CasteloComprimidos apreendidos pela PF no bairro Monte Castelo

Os policiais detectaram a existência de uma associação criminosa especializada em transportar e distribuir ecstasy (MDMA) por meio dos serviços postais dos Correios, nos mesmos moldes da última apreensão do mesmo tipo de droga, que ocorreu no mês passado.

Naquela ocasião, os policiais também apreenderam 100 comprimidos de ecstasy e uma pessoa acabou presa em um apartamento localizado na zona leste de Teresina. As investigações no combate ao tráfico interestadual de drogas seguem realizadas pela PF a fim de desbaratar a organização criminosa com atuação na Capital.

NOTÍCIA RELACIONADA

PF apreende 100 comprimidos de ecstasy na zona leste de Teresina