Teresina - PI

Estudantes convocam ato contra o aumento da passagem em Teresina

A manifestação está sendo convocada nas redes sociais pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFPI e pelo DCE da UESPI.

THAIS GUIMARÃES
- atualizado

Estudantes de Teresina estão convocando um ato na tarde da próxima terça-feira (09) contra o aumento da passagem de ônibus, aprovado na última quinta-feira (04) e que deve ser sancionado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB) nos próximos dias. Após aprovação no Conselho Municipal de Transportes, a passagem de ônibus deve subir de R$ 3,30 para R$ 3,71, e a de estudante, congelada há alguns anos, deve passar de R$ 1,05 para R$ 1,18.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Protesto contra o aumento em TeresinaProtesto contra o aumento em Teresina

A manifestação está sendo convocada nas redes sociais pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFPI e pelo DCE da UESPI. Lucas Martins, diretor de Assistência Estudantil da UFPI, explicou que o objetivo da entidade é pressionar Firmino Filho, para que o aumento não seja de fato aprovado.

“Nosso ato é uma resposta à prefeitura e ao Conselho Municipal de Transportes, porque antes convocaram uma reunião para o dia 09, que iria decidir o aumento ou não da passagem, entretanto, a prefeitura adiantou a reunião para o dia 04. Estávamos nos organizando para no dia 09 irmos a Strans, onde ocorrem as reuniões, e simplesmente fomos surpreendidos com a Prefeitura, que chamou a reunião extraordinária 3 horas antes e em outro local”, declarou.

Lucas Martins afirmou que a antecipação da reunião foi uma manobra de Firmino. “Tudo isso foi uma manobra do prefeito Firmino para aumentar o valor da passagem”, colocou. A concentração do ato será na praça do Fripisa, a partir das 16h. De lá, a manifestação deve seguir para a sede da Prefeitura de Teresina. O diretor do DCE falou sobre a possibilidade da realização de um “catracaço” [quando as pessoas entram no ônibus sem pagar a passagem] na praça da Bandeira.

Mais conteúdo sobre: