Teresina - PI

Fábio Abreu diz que tem sido alvo de ataques "covardes" de adversários

“Cada ataque que eu observo, são ataques covardes, levianos e não faz sentido nenhum achar que vai ganhar uma eleição, que vai conseguir pontos atacando uma pessoa com fakes”, criticou o secretário.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Sem citar nomes, o secretário de Segurança Pública do Piauí, Fábio Abreu (PL), afirmou nessa segunda-feira (13) que tem sido vítima de ataques “covardes” e “levianos”. Ele acredita que isso demonstra que estão com medo da possibilidade de lançar seu nome à disputa pela prefeitura de Teresina.

No dia 22 de janeiro o PL pode oficializar a pré-candidatura de Fábio Abreu na disputa pela prefeitura. O parlamentar tem sido alvo de ataques de adversários que fazem críticas constantes à sua gestão como secretário.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Fábio AbreuFábio Abreu

“Cada ataque que eu observo, são ataques covardes, levianos e não faz sentido nenhum achar que vai ganhar uma eleição, que vai conseguir pontos atacando uma pessoa com fakes”, criticou o secretário.

Fábio Abreu destacou que a eleição precisa ser levada a sério e que é “uma disputa que no meu entendimento, é algo que precisa ser levado a sério, pois é uma disputa pela Prefeitura de Teresina, então observamos esses detalhes sórdidos de ataques e informações falsas de um pré-candidato”.

O secretário ainda afirmou que esses ataques não vão prejudicar o seu trabalho na secretaria de Segurança Pública e que acredita que toda essa situação mostra que seu nome é forte para a disputa neste ano. “O objetivo é continuar no mesmo ritmo. O trabalho é o resultado e se estão atacando, é porque não se atira pedra em árvore que não dá fruto. É sinal de que o meu nome é viável”, destacou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Fábio Abreu vai se reunir com Executiva do PL para definir candidatura

Credibilidade: Dr. Pessoa 32,62%; Fábio Abreu 23,88% e Fábio Novo 11,12%

Wellington diz que Fábio Abreu tem apoio de outros membros do Governo

Mais conteúdo sobre: