Brasil

Governo Bolsonaro abre crédito extra para assistência a venezuelanos

A Medida Provisória foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União que circula no período da tarde desta terça-feira, 30.

Por  Estadão Conteúdo

O Governo Bolsonaro editou Medida Provisória para abrir crédito extraordinário, em favor do Ministério da Defesa, no valor de R$ 223,853 milhões, para assistência emergencial e acolhimento humanitário dos venezuelanos. A MP foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União que circula no período da tarde desta terça-feira, 30.

O país vizinho vive um dia de tensão com a disputa nas ruas das forças políticas do autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, contra o governo de Nicolás Maduro.

O governo brasileiro fez uma reunião no início da tarde para avaliar a situação e o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, afirmou, após o encontro, que o Brasil está em estado de alerta na fronteira com a Venezuela desde o início da crise, sobretudo por causa da Operação Acolhimento, que dá assistência aos venezuelanos que chegam ao Brasil.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jair Bolsonaro reafirma apoio a Juan Guaidó na Venezuela

EUA acenam com alívio de sanções a quem apoiar Guaidó

EUA declaram apoio à tentativa de Guaidó e militares de derrubar Maduro