Piauí

Governo encaminha para Alepi pedido para empréstimo de R$ 2 bilhões

Segundo o secretário de Planejamento os recursos dos empréstimos serão aplicados em áreas específicas.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O secretário estadual de Planejamento, Antônio Neto (PT), e o secretário de Governo, Osmar Júnior (PCdoB), se encontraram na manhã dessa terça-feira (10) com o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), Themístocles Filho (MDB) onde apresentaram quatro projetos de lei com pedidos de empréstimos do governo, que somam o valor de R$ 2.073.000,00 bilhões, além de um pedido para trocar a taxa de juros e prazo de pagamento de um empréstimo de R$ 1,2 bilhão.

Os quatro projetos de lei são referentes a: um empréstimo de R$ 1,5 bilhão; um empréstimo de até U$ 115 milhões de dólares, que com base na unidade do valor do dólar nessa terça-feira, que está em U$ 4,12, fica um valor de R$ 417,8 milhões (esse valor pode aumentar ou diminuir, de acordo com a cotação do dólar); também tem uma outra operação de crédito em R$ 100 milhões e por fim uma operação de crédito que se trata de uma restruturação de uma dívida de R$ 1,2 bilhão, onde o governo busca conseguir trocar ela por outra de mesmo valor, mas pagando uma taxa de juros menor e aumentando o prazo de pagamento.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Presidente da Alepi, Themístocles Filho, Antonio Neto e Osmar JúniorPresidente da Alepi, Themístocles Filho, Antonio Neto e Osmar Júnior

Segundo o secretário de Planejamento os recursos serão aplicados em áreas específicas. No caso do empréstimo de R$ 1,5 bilhão, os recursos serão aplicados apenas na área de infraestrutura, onde o governo e os próprios deputados devem apresentar as obras onde o valor será aplicado.

Já o outro empréstimo será destinado exclusivamente para a Segurança Pública. “A outra operação é de R$ 100 milhões, junto ao Banco do Brasil, para compra de equipamentos tecnológicos para a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Segurança Pública”, destacou Antonio Neto.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Antonio Neto, Osmar Júnior e Themístocles FilhoAntonio Neto, Osmar Júnior e Themístocles Filho

Além disso, também serão realizadas obras voltadas ao meio ambiente. “Agora outra operação de crédito é de até U$ 115 milhões de dólares com o Fida e o Bidi, que é voltado para três elementos importantes. O primeiro é para a construção de barraginha para garantir a permanência das matas ciliares e garantir a melhoria da situação do rio Canindé e Piauí. É uma obra especificamente voltada ao meio ambiente. Outra parte será volta para a regularização fundiária, para a questão da segurança jurídica, e outra área voltada para o meio ambiente”, explicou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Antonio NetoAntonio Neto

Troca de dívida

Além desses empréstimos, o governo busca trocar uma dívida por outra, para conseguir ter mais tempo para pagar e também por ter juros menores. Antônio Neto explicou que não se trata de um novo empréstimo.

“É uma restruturação da dívida, um alongamento da dívida, esse não tem recurso. É R$ 1,2 bilhão que estão no nosso passivo, que tem um curto prazo e com o pagamento eminente, com a taxa de juro um pouco maior, então será trocado por uma taxa de juro um pouco melhor e um prazo mais alongado. Então não há ingresso de recurso, há apenas uma troca de dívida. Você tem uma de R$ 1,2 bilhão e vai trocar por outra de mesmo valor. Não tem alteração”, declarou o secretário.

Autorização dos deputados

  • Foto: Lucas Dias/GP1Themístocles FilhoThemístocles Filho

Os projetos foram encaminhados para a Alepi, pois é preciso de autorização do legislativo para a realização dos empréstimos. Themístocles Filho explicou que as propostas serão analisadas em todas as comissões antes de seguir para votação no plenário.

“Vão para as comissões técnicas, depois dos pareceres é que vai ao plenário. Eu acho importante [os empréstimos], principalmente porque temos várias estradas que precisam de recuperação”, destacou o deputado estadual.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deputado Gustavo Neiva critica novo pedido de empréstimo

Pablo Santos diz que titulares deixam Alepi após votação do empréstimo

Estado do Piauí tem aval da União para contrair empréstimos