Teresina - PI

Greco divulga nomes dos acusados de sequestrar gerente do Itaú em Teresina

De acordo com o delegado Tales Gomes, os suspeitos “raptaram e mantiveram em cativeiro a família de um gerente de banco aqui de Teresina, das 19h30 do dia 07 até às 15h30 do dia 08".

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

A Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), divulgou os nomes dos seis homens suspeitos de sequestrar o gerente do banco Itaú e sua família na última terça-feira (07) no bairro Gurupi, zona sudeste de Teresina. São eles: Tércio Kleber Pereira Castro, Marcelo Santos, Amaury França Silva Lopes, Carlos Lima Araújo, Marcos De Sousa Alves e Thiago Lima Vieira.

De acordo com o delegado Tales Gomes, coordenador do GRECO, os suspeitos “raptaram e mantiveram em cativeiro a família de um gerente de banco aqui de Teresina, das 19h30 do dia 07 até às 15h30 do dia 08, após o gerente conseguir sair da agência que trabalha no centro de Teresina e entregar 50 mil reais aos criminosos”, explicou o delegado.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppAcusados de sequestrar gerente de banco do Itaú em TeresinaAcusados de sequestrar gerente de banco do Itaú em Teresina

Após um intenso levantamento de informações, os investigadores do Greco conseguiram identificar o grupo e durante uma perseguição conseguiram abordar os três primeiros suspeitos que estavam em um veículo, modelo Polo, na Avenida Joaquim Nelson, bairro Dirceu Arcoverde, onde foi encontrado o dinheiro do resgate, cerca de R$ 50 mil.

  • Foto: Divulgação/PC-PIVeículos utilizados pelos bandidosVeículos utilizados pelos bandidos

“Continuando as investigações e após abordagem e troca de tiros com os ocupantes de um HB20, efetuou-se as prisões dos demais investigados, bem como foi apreendida uma pistola 380, um revólver calibre 38, 'falsos' explosivos que foram usados nos familiares do gerente, além de outros objetos e veículos usados na prática criminosa”, completou.

  • Foto: Divulgação/PC-PIArma, falsos explosivos e outros objetos utilizados pelos bandidosArma, falsos explosivos e outros objetos utilizados pelos bandidos

Entenda o caso

O gerente de uma agência bancária do Itaú e sua família foram vítimas de sequestro, na modalidade sapatinho, quando as vítimas ficam sob cárcere e são libertadas no dia seguinte. O crime se deu na noite dessa terça-feira (07) no bairro Gurupi e as vítimas acabaram sendo libertadas por volta de 15h desta quarta-feira (08), na BR 343, na saída de Teresina em direção ao município de Altos. A ação policial, executada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) terminou com as prisões de seis acusados.

Conforme o delegado geral da Polícia Civil do Estado do Piauí, Lucy Keiko, as investigações tiveram início na manhã dessa quarta-feira pelas equipes do GRECO, com o apoio do Batalhão de Operações Especiais do Piauí (BOPE) e da Coordenação de Recursos Especiais da Polícia Civil (CORE).

  • Foto: Lucas Dias/GP1Luccy KeikoLuccy Keiko

“Na noite de ontem iniciou um crime de extorsão mediante sequestro. Alguns indivíduos sequestraram a família de um gerente de uma agência bancária aqui de Teresina. Hoje pela manhã o GRECO tomou conhecimento desse fato e passou o dia em diligência com o BOPE e CORE investigando de forma silenciosa para descobrirmos onde estavam as vítimas”, destacou.

De acordo com o coordenador do GRECO, delegado Tales Gomes, o gerente foi obrigado a entregar a quantia de dinheiro e logo depois ele a família foram liberados pelos criminosos.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Coordenador do GRECO, delegado Tales GomesCoordenador do GRECO, delegado Tales Gomes

Ainda de acordo com o delegado, seis suspeitos foram presos durante a ação. "Prendemos 6 pessoas por envolvimento no sequestro do gerente. Apreendemos todo o dinheiro tirado do banco, três carros e duas armas usadas no crime", acrescentou o delegado Tales Gomes. Os presos serão autuados pelos crimes de organização criminosa; extorsão mediante sequestro; posse ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecentes.

Mais conteúdo sobre: